Welcome



INICIO
EDITORAS PARCEIRAS
BLOGS PARCEIROS
BOOKLIST
LINK-ME
SELINHOS
CONTATO

30 agosto 2012

#30 A Força dos Anjos - Joan Wester Anderson

Título: A Força dos Anjos
Autora: Joan Wester Anderson
Editora: Thomas Nelson Brasil
Número de Páginas: 233

Sinopse:

" Existem muitas coisas que acontecem em que pessoas são livradas milagrosamente, inexplicavelmente. Os anjos agem por intermédio de Deus para nos consolar, combater o mal, trazer mensagens, entre outros. Com a leitura deste livro, você será emocionado com as histórias reais relatadas, com a felicidade e paz que muitas pessoas tiveram depois que anjos as ampararam."

Resenha:

O livro A Força dos Anjos é um apanhados de depoimentos, de pessoas, que de uma forma ou de outra, tiveram experiências com seres celestes, os anjos, vistos ou sentidos "eles" fizeram a diferença.
A Angelologia é o estudo dos anjos e dos fenômenos que os cercam. Não é uma coisa fictícia, eles estão na Bíblia, na anunciação de Maria e em muitos outros momentos.
Como eles não podem ser "mostrados cientificamente", acreditam aqueles que têm fé e espiritualidade.
A própria autora conta um fato familiar, que não deixa duvida sobre a intervenção de anjos.

"Tim", falou Jim no meio da escuridão, "a gente não vai parar aqui, vai?"
"A gente não pode", respondeu Tim com firmeza enquanto pisava no acelerador. " A gente morreria, com certeza."

A ajuda que veio do nada, não poderia ser um acontecimento natural. Arrepiei-me toda nessa primeira história. É algo que vai muito além, algo que numa hora está ali do seu lado e num piscar de olhos você se vê sozinha, somente os rastros de um carro... O de Tim. Uma estrada infinita sem casas, pessoas.. Nada! O carro do guincho que os ajudou não existia.

Como já li o livro, posso aconselhar que o primeiro texto que deve ser lido é A Procura de Respostas (é claro que antes, você deve ler as "orelhas"), pois enfatiza o assunto com notoriedade, dando uma "clareada" sobre o assunto abordado.
Ao leitor que vai se "enfronhar" pela primeira vez nesse assunto, a preparação está no texto acima citado, na página 21.

Os anjos são mencionados mais de trezentas vezes nas Sagradas Escrituras, agindo sozinhos ou em grandes agrupamentos, cumprindo as ordens de Deus, formando uma corte celestial e, o mais importante, protegendo as pessoas e trazendo-lhes mensagens.

 Para quem gosta de assuntos que abordam Anjos esse é o livro perfeito.
Muitos relatos, histórias que realmente aconteceram que alguns acreditam e outros não. 


Espero que tenham gostado.
Comentem!
Bjs.

27 agosto 2012

#29 Belle - Escolhido Pelos Leitores # 03

Título: Belle
Autora: Lesley Pearse
Editora: Novo Conceito
Número de Páginas: 559

Sinopse:
                                                  
" Londres, 1910. Belle, de 15 anos, viveu em um bordel em Seven Dials por toda sua vida, sem saber o que acontecia nos quartos do andar de cima. Mas sua inocência é estilhaçada quando vê o assassinato de uma das garotas e, depois, pega das ruas pelo assassino para ser vendida em Paris. Sem poder ser dona de seu próprio destino, Belle é forçada a cruzar o mundo até a sensual Nova Orleans onde ela atinge a maioridade e aprende a aproveitar a vida como cortesã. A saudade de casa — e o conhecimento de que seu status como garota de ouro não durará muito — a leva a sair de sua gaiola de ouro. Mas Belle percebe que escapar é mais difícil do que imaginou, pois sua vida inclui homens desesperados que imploram por sua atenção. Espirituosa e cheia de desenvoltura, ela tem uma longa e perigosa jornada pela frente. A coragem será suficiente para sustentá-la? Ela poderá voltar para sua família e amigos e encontrar uma chance para a felicidade? 
.
Resenha:

Lesley Pearse aborda com detalhes a vida de uma cortesã que viveu naquela época. A dor, o desespero de quem entra nessa vida por necessidade ou por sequestro.
A alma dessas moças perdidas nesse tráfico é triste e abusiva. Vivem dias sombrios e não conseguem sair, só quando tem a sorte de se tornar amante de um homem rico, ou ele se apaixonar, tipo de coisa rara nesse ramo.
A linguagem é um pouco pesada em certos momentos, mas a história me surpreendeu e é um dos meus livros favoritos agora.

Lesley fala sobre Belle.
" Certa noite, enquanto voltava ao hotel (em Seven Dials) por uma rua muito mal iluminada, imaginei uma menina criada em um desses bordéis, e a semente para Belle foi plantada."

A história se passa em Londres, no ano de 1910. 
Belle tem 15 anos e mora em Seven Dials, junto com sua mãe Annie (que nunca soube lhe demonstrar carinho, sempre muito fechada), que possui um bordel.
Mowenna (conhecida como Mog) trabalha como doméstica e foi quem cuidou de nossa mocinha desde pequena, e a ama como uma filha.
Uma menina pura, inocente que desconhecia o que acontecia em sua "casa". Faz amizade com Jimmy, um garoto novo que chega à cidade para morar com o tio depois da morte de sua mãe.

Belle fica horrorizada quando presencia sem querer o assassinato de Millie, uma moça doce e muito bela. Acaba descobrindo tudo o que acontece no andar de cima.

"Era chocante para Belle que nas últimas 24 horas sua vida inteira tivesse mudado. Na manhã do dia anterior ela nem sequer entendia o que se passava no andar de cima. Mas o que sabia agora é que aquilo a enojava e envergonhava. Mas estava ouvindo sua mãe mentir muito e isso não fazia nenhum sentido para ela."

Annie e Mog entraram em desespero quando voltaram do enterro de Millie e não a encontrou em lugar nenhum.
Com o desaparecimento de Belle, a polícia não queria ajudar a encontrá-la, se lembrando de um jovem investigador que frequentava o bordel chamado Noah, que tinha muita afeição por Millie.
Jimmy e seu tio Garth ajudam na busca de pistas para onde o assassino a tinha levado.
Fiquei bem nervosa e chorosa em alguns momentos, os contratempos, mistério e a ação que é colocada nos capítulos é tenso.

Belle passa maus bocados e se encontra num país desconhecido, outra língua e logo imagina qual será sua utilidade.
Sente muito medo, é abusada fisicamente e emocionalmente, e acaba adoecendo logo sendo vendida a outro bordel, sendo levada por outro  desconhecido ao seu novo destino. 
Para sua surpresa a viagem não seria tão ruim na companhia de Etienne, e que iria conhecer o outro lado bondoso e carinhoso.

" Belle sorriu porque ela estava feliz por vê-lo tão melhor. Mas ao mesmo tempo estava confusa sobre por que ela devia se preocupar como ele estava quando para todos os efeitos ele era seu inimigo. -- Coma, você tem que dar um jeito de ficar forte o suficiente de novo para me atormentar. Eu desistirei da minha fuga até lá. -- ela respondeu. " 
Belle agora trabalhava na Maison de Joie de Madame Martha, uma mulher simpática até que você não fizesse nada que a desgostasse.
Ajudava a servir bebidas e ganhava por isso, se sentindo feliz naquele lugar completamente diferente de sua antiga casa, em muitos aspectos.
James Morgan é um amigo de Noah, que vai ajudá-lo na busca de mais pistas por Paris, e não se sai tão bem quanto o esperado.

Passa-se um ano e meio na casa de Madame Martha, por onde Belle passou por um aprendizado de como tratar bem um cliente e ganhar bem por isso. Mas a ambição de Martha cresce demais mudando de comportamento em relação a Belle, e isso começava a intrigá-la e irritá-la.
Belle encontrou em Faldo sua carta de liberdade, mesmo nervosa que tudo possa dar errado, se arrisca e vai ao seu encontro com o intuito de logo retornar a Inglaterra.
Cometeu um erro em acreditar que saindo do bordel sua vida seria diferente. Tremendo engano. Acreditando em pessoas erradas passou por coisas terríveis, mas seu sonho em se tornar chapeleira em sua terra natal lhe dava forças para continuar.
Belle é determinada, destemida e mais forte do se imaginava.

" O grampo caiu deos seus dedos e ela estava fraca demais para pegá-lo.
Assim, arrastou-se de volta para a cama. Imaginou como seria morrer de fome. Iria ficar inconsciente e não sentir nada? Esperava que fosse assim. "

Com seu jeito humilde e cativante conseguiu um anjo da guarda que não desistiu, nem pensou duas vezes, em ajudá-la quando mais precisou chamada Gabrielle.
Etienne, Noah e Philippe (um dos clientes que se cativou por ela) conseguiram salvar a vida de Belle a tempo.
Por tudo que nossa mocinha passou é incrível a força e determinação, algo fora do comum.
A autora é cuidadosa, não se fixando em um só personagem, daí o sucesso porque não se esqueceu de dar um final feliz a alguns personagens.
Uma história incrível e marcante me fazendo gostar do jeito que Lesley escreve. 
Ela te leva para muitos lugares e com algumas cenas quentes e outras nojentas, o enredo total é sensacional.
Recomendadíssimo!



Espero que tenham gostado.
Comentem.
Bjs.

25 agosto 2012

Escolhido pelos Leitores # 04


Olá meus amores do Manuscrito, tudo bem?
Trouxe mais uma escolha de capas para resenha, vamos lá?

Escolham a capa da próxima resenha através da enquete ali do lado direito ok? Não coloquem nos comentários. A votação vai até o dia 05\09 ok?


 











 










Espero que tenham gostado.
Comentem.
Bjs.

               

23 agosto 2012

#28 Cinquenta Tons de Cinza - E. L. James

Título: Cinquenta Tons de Cinza
Autora: E. L. James
Editora: Intrínseca
Número de Páginas: 455

Sinopse:

" Quando Anastasia Steele entrevista o jovem empresário Christian Grey, descobre nele um homem atraente, brilhante e profundamente dominador. Ingênua e inocente, Ana se surpreende ao perceber que, a despeito da enigmática reserva de Grey, está desesperadamente atraída por ele. Incapaz de resistir à beleza discreta, à timidez e ao espírito independente de Ana, Grey admite que também a deseja - mas em seu próprios termos..."

Resenha:

Algumas pessoas quando pensam sobre livros de gênero adulto tem certo preconceito, e fico me perguntando por quê.
Pode não ser uma estória verídica, mas faz parte da vida e acontece por aí.
Sou apaixonada por esse tema, o preconceito é somente porque envolve sexo. Como se fosse algo de outro mundo. Realmente não vejo nada de anormal nisso. Mas vamos ao que interessa!

Anastacia Steele é uma estudante que está no último ano, junto com sua melhor amiga e vizinha de quarto, Katherine.
Por coincidência do destino Ana conhece Christian Grey através de uma entrevista marcada por sua amiga que não pode ir. A beleza deslumbrante, misterioso e dominador, chama sua atenção.
Os olhos cinzentos não saem da sua cabeça e tudo o que diz respeito à Grey a atrai, e vice-versa.

" Será que minha presença não o afeta em nada? Ele me olha de rabo de olho, e delicadamente dá um suspiro profundo. Ah, afeta sim -- e minha pequenina deusa interior se agita num delicado samba vitorioso."
Anastacia é tímida, mas muito engraçada. As conversas com "sua deusa interior" me fizeram rir demais.
Desde o dia em que conheceu Christian sua vida ficou de ponta cabeça, uma proposta foi feita e ela hesita bastante em aceitar.
Ele não desiste, e fica enciumado e aborrecido quando José (melhor amigo de Ana) ou qualquer outro homem se aproxime dela.
Depois de um acontecimento inesperado Ana assina o Termo de Confidencialidade e começa a obedecer as regras malucas e excitantes de Grey.
" Ele me conduz para o quarto e fecha a porta com o pé.
-- Mãos para cima -- ordena.
Obedeço, e, como num passe de mágica, ele tira meu vestido pela cabeça, pegando-o pela barra e puxando-o com um movimento rápido e preciso.
-- Ta-rã! -- diz brincalhão
Rio e apaludo educadamente. Ele se inclina com elegância, sorrindo. Como posso resistir a ele quando está assim?"
A relação entre os dois se transforma em algo muito intenso. Ana está confusa sobre seus sentimentos e Grey muda de humor rapidamente, deixando-a insegura.
Elliot (irmão de Grey) está se relacionando com Katherine, e é completamente o oposto do irmão. 
Grey esconde muitos segredos sobre sua infância, mistérios do seu passado, que logo ele conta a Ana, depois de muita insistência, mas ele é muito fechado e o relacionamento começa a desandar.

Nossa mocinha começa a ficar com medo das predileções de Grey, e logo acaba descobrindo depois de viajar para a casa de sua mãe que o ama e que ele nunca irá lhe dar o que ela precisa, o seu amor.
Ana se afasta do homem que ama e sofre muito ao deixá-lo.
Grey no fundo já a ama, mas como não conhece esse sentimento não sabe como lidar e nem o que está sentindo.






Espero que tenham gostado.
Comentem!
Bjs.

20 agosto 2012

#27 Julieta - Anne Fortier

Título: Julieta
Autora: Anne Fortier
Editora: Arqueiro
Número de Páginas: 441

Sinopse:
" Julie Jacobs e sua irmã gêmea, Janice, nasceram em Siena, na Itália, mas desde os 3 anos foram criadas nos Estados Unidos por sua tia-avó Rose, que as adotou depois de seus pais morrerem num acidente de carro. Passados mais de 20 anos, a morte de Rose transforma completamente a vida de Julie. Enquanto sua irmã herda a casa da tia, para ela restam apenas uma carta e uma revelação surpreendente: seu verdadeiro nome é Giulietta Tolomei. A carta diz que sua mãe havia descoberto um tesouro familiar, muito antigo e misterioso. Mesmo acreditando que sua busca será infrutífera, Julie parte para Siena. Seus temores se confirmam ao ver que tudo o que sua mãe deixou foram papéis velhos – um caderno com diversos esboços de uma única escultura, uma antiga edição de Romeu e Julieta e o velho diário de um famoso pintor italiano, Maestro Ambrogio. Mas logo ela descobre que a caça ao tesouro está apenas começando. O diário conta uma história trágica: há mais de 600 anos, dois jovens amantes, Giulietta Tolomei e Romeo Marescotti, morreram vítimas do ódio irreconciliável entre os Tolomei e os Salimbeni. Desde então, uma terrível maldição persegue essas duas famílias. E, levando-se em conta a linhagem e o nome de batismo de Julie, ela provavelmente é a próxima vítima. À medida que se aproxima da verdade, sua vida corre cada vez mais perigo.

Resenha:

Quem conta a estória é a própria protagonista no caso Julie.
São suas estórias contadas, paralelamente com séculos separando-as, a partir da página 52. (quero dizer, a quem quiser entender que quando cheguei à página 299, não aguentei e fui ler o final. Estava aflita com tanto contratempo).
São 441 páginas de contratempos românticos, cruéis, relatos do passado e encontros.
Uma narrativa muito boa e que prende o leitor, com seu pano de fundo, a lá Código Da Vince.
O enredo "engole" duas garotas gêmeas, não idênticas. Uma inconsequente, um pé no saco, irônica e a outra "acomodou" todos os traumas impingidos pela irmã, desnaturada mente engraçada.
 
-- Ora vejam -- observou com voz meigamente gélida -- a vingetariana ainda está viva?

Por motivos óbvios elas não se suportam. É que a mais nova por quatro minutos tem boca suja, é resolvida, leviana, sem papas na língua.

Ela me olhou com ar belicoso e a fitei de volta, incrédula. Aquela não era a Janice que eu conhecia. A Janice que eu conhecia não daria a mínima para meus movimentos ou meu destino, exceto para torcer que eu fracassasse vergonhosamente em tudo que me propusesse fazer.
Mas o destino as junta de novo e então àquela animosidade, se transforma em ajuda mútua.
Nesse enredo tem Romeu e Julieta demais, cuidado para não se perder no século.

-- Julieta teve uma briguinha com o seu Romeu, -- explicou Janice em meu nome. -- Ele a comparou com a lua. Um grande erro!

É um livro romântico sem ser piegas.


Espero que gostem.
Comentem!
Bjs.