Welcome



INICIO
EDITORAS PARCEIRAS
BLOGS PARCEIROS
BOOKLIST
LINK-ME
SELINHOS
CONTATO

28 fevereiro 2012

#02 - Eu Sou Ozzy - Ozzy Osbourne

Olá leitores, sejam muito bem vindos os novos membros e as parcerias que o Manuscrito de Cabeceira tem agora. Meu coração está muito feliz. 

Título: Eu Sou Ozzy
Traduzido por: Marcelo Barbão
Editora: Benvirá - um selo da Editora Saraiva
Número de Páginas: 382


Resenha:

Vim falar de um dos caras mais sensacional e pirado do mundo da música.   
Quando vi a capa desse livro que irei falar hoje,  fiquei ainda mais louca para adquirí-lo porque sou muito fã e o admiro muito.  Mais nada me deixou mais curiosa e intrigada do que virar o livro e ler o que tinha na capa de trás:

“Meu pai sempre disse que eu iria fazer algo importante algum dia.
“Sinto isso, John Osbourne”, ele dizia, depois de algumas cervejas.
“Ou você vai fazer algo muito especial, ou vai acabar na cadeia”.
E ele estava certo, meu velho pai. Fui parar na cadeia antes de completar meus dezoito anos."


Estou falando de John Michael Osbourne, conhecido como Ozzy Osbourne. Líder da famosa banda Black Sabbath até 1979, quando foi expulso. E pela força e companheirismo que teve de Sharon Osbourne, sua atual mulher “renasceu” alcançando o sucesso imediato com o lançamento do “Blizzard Of Ozz”, vendendo milhares de cópias.

A biografia desse cara é um misto de problemas, superações, com muita loucura, e claro não podia faltar uma boa pitada de comédia. Ri muito lendo esse livro, e achei maneiro as fotografias do tempo de banda, dele pequeno, com os filhos e a mulher.
O que achei muito interessante na vida desse cara que admiro e sou fã, é que apesar das “tretas”, arrependimentos, perdas, drogas, prostitutas e a bebida, o Ozzy que conhecemos hoje não ficou famoso somente pelo episódio que tirou a cabeça de um morcego (de verdade, pode acreditar!) fora durante uma turnê na Europa, mas pelo fato dele ser o que é!
Ser um pai louco, mas de família, amar e apoiar os filhos e querer o bem deles e ter superado o problema do álcool, drogas e ser o que ele é hoje... um exemplo de superação e determinação.

Mostrou para muita gente que o Ozzy que esta com 65 anos,  ainda tem muita coisa para mostrar, porque falando sério agora... ser considerado o “Príncipe das Trevas” e outros dizem que é o “Deus do Metal” não é para qualquer um não rs.
O que me chamou a atenção e que na vida quando se tem grana e sucesso, as pessoas acabam se perdendo do “caminho certo” e nesse caso o Ozzy soube muito bem como se perder e também conseguir sair quase ileso dos “caminhos tortuosos”.

É interessante postar algo diferente do que sempre é postado nos blogs por aí, e que conheçam o verdadeiro Ozzy Osbourne por trás do louco metaleiro que é.

Volto com mais resenhas ou lançamentos logo, logo. Comentem e sigam o blog, ou somente digam o que acharam, não custa nada! ^^
Bjs. Até a próxima.
               Lauri Brandão

25 fevereiro 2012

#01 Cartas de Amor de Homens Notáveis

Título: Cartas de Amor de Homens Notáveis
Editado por: Ursula Doyle
Editora: Best Seller
Número de Páginas: 157


Boa Tarde Leitores!

Depois de anos sem postar no antigo blog, resolvi reformular e falar sobre o que mais me encanta, o que amo ter sempre nas mãos: UM LIVRO.

Resenha:
E vamos começar com a resenha de um livro muito interessante que comprei há algum tempo, que me chamou muito a atenção quando vi a personagem Carrie Bradshaw do filme Sexy And The City recitar para seu noivo Mr. Big.
Um livro que fala sobre Cartas de Amor...
Cartas de amor como algumas delas nunca foram lidas, e as Donzelas que eram as inspirações nunca souberam.
Muitas dessas cartas foram escritas por personagens mais influentes da história, como John Keats, David Hume, Napoleão Bonaparte, Lord Byron, Henrique VIII, Victor Hugo, Pierre Curie, Oscar Wilde, Mozart e um dos poemas mais lindos que li nesse livro foi de Ludwig Van Beethoven para sua "Amada Imortal".

Como diz Ursula Doyle(quem editou as cartas) na orelha da capa do livro:
" Essas cartas mostram que os casos de amor não mudam tanto nos últimos dois mil anos: paixão, ciúme, esperança e desejo estão respresentados aqui, assim como o prazer de receber ou enviar uma mensagem à pessoa amada".


Espero que gostem. Logo, logo volto com mais uma resenha ou lançamentos.
Comentem!
Bjs.
     Lauri Brandão